...

B. O. ANIMAL

Página de Registros, o Blog B.O.Animal ajuda a denunciar e arquivar casos testemunhados por Protetores e Simpatizantes da Causa Animal para não se deixar esquecer dos agressores (nem sempre punidos) e cúmplices de maus tratos e ocultação da verdade. Além de oferecer matérias importantes e interessantes sobre a vida animal, saúde, idade, alimentação, receitas caseiras, tirando dúvidas entre leitores sobre tratamentos e socorros!

Demos o primeiro passo, buscamos apoio e lutamos por Justiça às Vítimas, fatos que foram testemunhados e registrados por Protetores e Simpatizantes da Causa Animal são divulgados e arquivados, não conheceríamos os três maiores criminosos de outra forma: CAMILA CORREIA, DALVA LIMA DA SILVA e CLÁUDIO CÉSAR MESSIAS.

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Receita de leite caseiro para filhotes

 O que fazer para salvar os filhotes?




A morte da mãe logo após o nascimento dos filhotes, fêmeas doentes, fêmeas que abandonam a cria após cesariana, com instintos maternos pouco desenvolvidos e filhotes muito grandes, são causas freqüentes de filhotes órfãos. Este fato, considerado sempre como uma catástrofe, poderá, entretanto, ser superado com sucesso se todas as necessidades de cada filhote forem supridas por outros meios.


A tarefa é bastante exigente, sendo necessário grande aplicação e dedicação para se atingir um resultado satisfatório.


Algumas medidas podem diminuir a mortalidade dos recémnascidosórfãos, sendo que a alternativa mais óbvia é a substituição da mãe ausente por outra em estágio de lactação apropriado. Trata-se de uma medida que nem sempre é possível, pois requer uma grande coincidência para a substituição e um grande intercâmbio entre criadores; além disso, as fêmeas podem rejeitar os filhotes por não os reconhecer como seus.


Este problema pode ser amenizado, esfregando-se os recémnascidoscom um pano com o cheiro da mãe adotiva e da secreção de seus filhotes. Caso a adoção seja eficiente e em período de lactação adequado, tornam-se dispensáveis quaisquer outros cuidados, uma vez que a mãe adotiva os fará.
Nos casos onde a fêmea não foi eficiente, o proprietário deverá substituir as funções da mãe. Estas funções abrangem a nutrição dos filhotes, manutenção da temperatura corpórea e estímulos que garantam a realização das funções vitais dos recém-nascidos.

Em casos de abandono ou morte da mãe, o proprietário deve realizar, imediatamente após o nascimento, o estímulo da respiração. Para isto deve-se fazer a limpeza do focinho do filhote recém-nascido e massagear-lhe de forma circular e cuidadosa o tórax. Após o estabelecimento dos movimentos respiratórios, os quais são facilmente observados pelo criador por meio do choro ou gritos e aumento e diminuição do volume do tórax, deve ser feito o estímulo da circulação periférica do animal.

Esta é realizada de modo a substituir o estímulo de lambedura da cadela em todo o corpo do filhote, podendo ser realizada com massagem delicada, utilizando-se um pano limpo e seco.


Como já foi visto, cuidados com a temperatura corporal dos filhotes devem ser rapidamente tomados. Para isto, utilizam-se lâmpadas incandescentes, de modo a manter os filhotes aquecidos à temperatura de 30 a 32°C durante os primeiros cinco dias de vida, sendo gradualmente diminuída até 24°C nas próximas quatro semanas. O proprietário deve ter o cuidado, durante o aquecimento dos filhotes, para que não ocorra superaquecimento ou mesmo queimaduras por contato direto deles com a lâmpada. Para melhor controle da temperatura, pode-se utilizar um termômetro simples.


Os filhotes não devem permanecer em contato direto com superfícies frias ou que possibilitem a perda de temperatura corporal; para isto, devem-se utilizar panos e jornais velhos, trocados periodicamente de modo a garantir uma eficiente higienização.


Os recém-nascidos sofrem também graves processos de desidratação, o que pode ser evitado esfregando-se, na região ventral de cada filhote (na barriga e no peito), um pouco de óleo de bebê, a cada dois ou três dias.


A ingestão inicial de colostro é de fundamental importância para a manutenção da imunidade do filhote contra diversas doenças. Nos casos em que não tenham mamado o colostro, devem ser levados a um médico veterinário para que este, por meio de bancos de colostro ou outras medidas, realize a imunização dos filhotes.


A alimentação dos recém-nascidos pode ser realizada pelosproprietários de forma artificial, mediante o fornecimento de leite com formulação preestabelecida e citada a seguir. Deve-se ter em mente que os filhotes alimentam-se, com a cadela, em pequenas quantidades, uma vez que seu estômago não comporta grandes quantidades porções alimento. Desta forma, devem ser alimentados várias vezes ao dia, o que requer bastante dedicação e paciência do tratador.
A primeira coisa a fazer é abrir a boquinha do filhote e olhar o “céu da boca” dele, para ver se ele não tem o pálato fendido (uma má-formação genética que faz com que haja ligação com o “caminho” que vai pro estômago e pro pulmão… aí o filhote tem pneumonia por aspiração das coisas que ele toma e morre.). Se tiver vai precisar de uma super manutenção, cuidados e depois que crescer um pouco, é necessário ver se há a possibilidade de fazer cirurgia pra reparar isso. Ou então, eutanasiar pra aliviar a dor do bichinho.



Receita de leite artificial para cães e gatos (um litro):


· 800ml de leite integral
· 200ml de creme de leite
· 4 colheres de sopa de Calcigenol.
· 1 colher de sopa de Vitaminer líquido
·Até os 15 dias de idade, adicionar também uma colher de sopa de óleo de fígado de bacalhau; suspendendo-o após este período.

Da terceira até a quarta semanas de vida, engrossar o leite, utilizando três colheres de sopa de leite em pó para um copo de leite de vaca.


O leite da cadela é mais "forte" que o leite de vaca, pois os cães mamam por um período máximo de um mês e precisam ganhar peso e condições para manutenção sem cuidados maternos.


O leite artificial pode ser armazenado em geladeira (não em congelador) durante uma semana, devendo ser retiradas pequenas quantidades que devem ser aquecidas a 40°C antes de utilizadas.


Estimuladas as funções vitais do filhote (temperatura e alimentação), a tratador deve também estimular os reflexos de urina e de defecação. Para tanto, utiliza-se algodão embebido em água morna ou óleo de bebê para massagear delicadamente o ânus e genitais dos filhotes várias vezes ao dia, após a alimentação, como a cadela faz.


O médico veterinário deve ser sempre consultado ao longo de todo o processo de cuidados com filhotes órfãos, principalmente em situações em que onde o tratador observe qualquer alteração na saúde de seus filhotes.


Há também a opção de comprar o Max Milk, que é um alimento desenvolvido também para tentar substituir o leite materno, é uma alternativa também.


Receita Específica para gatos filhotes

- 1 copo de leite integral de caixinha
- 1 copo de água fervida, filtrada ou mineral
- 2 colheres de sopa de farinha láctea
- 1 gema de ovo sem a clara pq clara faz mal para o bebê gatinho
- 1 colher de chá de mel

Misture tudo, bata no liquidificador e coloque numa vasilha de vidro lacrada. Guarde na geladeira e na hora de alimentar o bebê gatinho retire só a quantidade necessária.

Esta receita serve para até 3 dias. Depois disso precisa fazer uma nova. É prático, saudável e barato. O leitinho caseiro pode ser administrado por meio de conta-gotas ou mesmo seringas de 3 ml (sem a agulha, é claro.)

Observação importante:

NUNCA, mas nunca vire o filhote de barriga para cima para dar de mamar, como se fosse um bebê humano!!!O líquido pode ir para os pulmões e o gatinho morre de pneumonia. Ele deve ficar em pé ou na mesma posição em que mama na mãe gata.

DO DESMAME AOS DOIS MESES DE IDADES

A partir do desmame, algumas providências deverão ser tomadas pelo proprietário, as quais poderão prevenir algumas doenças infecciosas e parasitárias. Estas medidas devem ser tomadas sob orientação de um médico veterinário, que irá indicar o produto a ser usado (medicamentos e vacinas), bem como a sua administração. Cabe também ao médico veterinário indicar a ração adequada aos filhotes, detectar qualquer problema que possa acometê-los (doenças), bem como prescrever um tratamento compatível.

As principais infecções passíveis de prevenção pela vacinação anual, pelo médico veterinário, estão anotadas no quadro a seguir.

Quadro de vacinações dos cães recém-nascido:

INFECÇÕES IDADE DO CÃES EM MESES

Cinomose 2, 3 e 4
Hepatite infecciosa canina 2, 3 e 4
Parainfluenza 2, 3 e 4
Parvovirose 2, 3, 4 e 5*
Leptospirose** 2, 3 e 4
Raiva** 4
Coronavirose 2, 3 e 4



Tem também um leite que você pode fazer em casa. A receita é:
SUCEDÂNEO PARA CÃES E GATOS

200 ml de leite em pó integral (Ninho, Glória, etc.)
1 gema de ovo
1 pitada de sal
1 colher das de chá de óleo vegetal
1 colher das de chá de mel ou dextrosol
10 gotas de Kalyamon B12 ou Ostelin B12 (compra em farmácia humana) – (pd ser vita gold ou glicopan tbm)
* acrescentar 2 colheres das de sopa de água (no caso de cães)
- Guardar a 4oC ou congelar.
-Aquecer a 37 graus na hora de utilizar.
Já existem no comércio mamadeiras especiais para facilitar as mamadas.

SUCEDÂNEO PARA FILHOTES
Quantidade diária requerida (ml)
Idade (dias)% do peso corpóreo
320
725
1430
2140
Por exemplo: se o filhote tem 100g, vc vai dar 20ml por dia pra ele (aos 3 dias). Se aos 7 dias ele estiver com 200g, daí vc vai ter q dar 50ml e assim por diante…
Após a 3a semana de vida oferecer o leite artificial à vontade.
Após o desmame, deve-se, gradualmente, fornecer alimentação sólida, no mínimo 3 vezes ao dia. Após o primeiro ano de vida o animal deve receber pelo menos 2 refeições sólidas diárias.
Essa receita deve ser oferecida pro filhote morninha, na temperatura do seu corpo (faça aquele teste de colocar uma gotinha no dorso da mão e sentir a temperatura, igual ao que se faz com os bebês humanos) e a cada 3-4 horas, ou seja, umas 6 a 7 vezes por dia, inclusive durante a madrugada.


Para estimular as FEZES e URINA você tem que pegar um algodão e molhar com água morninha, simulando a língua da mamãe. Faça uma massagem de leve na barriguinha, na genital e no bumbum, senão ele não faz nada. Faça isso sempre após as refeições e depois dê uma secadinha nele pra não ficar molhadinho. Ele precisa que permanecer sequinho pra não sentir frio.
Para ajudar a aquecê-lo, algumas pessoas indicam a esquentar aguá e colocar em uma garrafa Pet. Essa garrafa tem que ser colocada junto dele enrolada numa cobertinha. Se colocar sem nada pode queimar ele. Mas você tem que ficar de olho nessa garrafa, porque quando ela esfriar, ele pode morrer de frio. Bolsas/recipientes emborrachados funcionam melhor. Um bom lugar pra deixar ele, seria perto de um fogão que estivesse assando um bolo ou qualquer outra coisa, deixando o bebê a 1 metro de distância mais ou menos. Ou então, colocar ele perto de um abajur aceso com cobertinha. Perto, mas nem tanto… com a luz a uns 40cm de distância do filhote. Bichinhos de pelúcia podem ajudar a suprir a falta da mãe.
Se for feito tudo certinho, é bem provável que as chances do seu bebê sobreviver sejam bem altas!
Qualquer dúvida ou mudança de comportamento do filhote consulte um veterinário pessoalmente.


Um comentário: