...

B. O. ANIMAL

Página de Registros de Denúncias, Notícias e Informações da Causa Animal.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

O que falta para Silvio Koerich sair de cena?

Até Hackers parecem se manifestar contra o autor do Diário do Blog de Identificação Silvio Koerich:
que parece não se intimidar com os esforços de milhares de internautas contra a permanência dos sites, além da captura do(s) "Psicopata"(s).

Silvia, nós já divulgamos todos os dados pessoais do dono do site (temos até os cartões de crédito) e enviamos para a PF. 
Nossa parte foi feita, agora ta na vez da PF fazer a dela" 




Leia Abaixo Texto coletado do grupo de Denúncia e Manifesto 


..."comentário de uma delegada da Polícia Federal a explicação do porquê o site desse porco não saiu do ar e porque a PF não pode ir muito adiante... Leiam e fiquem atentos às dicas que ela dá.
Sinceramente, depois de ler isso, estou esperando só a Justiça Divina contra ele...


Olhem o que a Polícia Federal tem a dizer sobre este site:


"O Grupo de Combate aos Crimes de Ódio e Pornografia Infantil (GECOP) explicou que mesmo discordando do conteúdo do blog em questão não pode avançar na investigação por conta da hospedagem estar em domínio estrangeiro. Esse tipo de conteúdo, segundo a GECOP, não é considerado crime nos Estados Unidos. Por conta disso, a Polícia Federal do Brasil não poderia pedir os dados cadastrais para rastrear o dono do espaço.


Já houveram denúncias de muitas pessoas há tempos atrás...

Leiam o texto completo aqui:

"Sr. Presidente da ABGLT,

Seu ofício chegou ao GECOP- Grupo de Combate aos Crimes de Ódio e Pornografia Infantil através da Internet e mesmo antes da provocação da Associação, blogs e comunidades de conteúdo similar ao ora denunciado foram objeto de averiguação preliminar pela Polícia Federal.

O crime de apologia ao estupro, apesar de ser de atribuição da Polícia Civil na maioria dos casos, permite uma prévia inquirição pela Polícia Federal porque a internet inviabiliza a localização imediata do crime no espaço.

Embora tenhamos investigado todas as situações de apologia a crimes que chegam ao Grupo, quando assemelhados à crimes de ódio (como chamamos o crime de racismo, apologia ao nazismo ou revisionismo), não pudemos avançar nas investigações por impossibilidade de acesso aos dados cadastrais dos responsáveis pelas páginas denunciadas.

Ocorre que a apologia à prática de crime tem pena máxima de detenção e para se obter o acesso aos dados cadastrais, equiparado pela justiça à quebra do sigilo das comunicações, o injusto, a infração cometida, deve ser de natureza grave, de forma a justificar a intervenção cautelar da Justiça invadindo a privacidade do suspeito.

Embora o GECOP discorde do status atribuído aos dados cadastrais (como sigilosos), por diversas vezes a Justiça foi instada a se manifestar pelo fornecimento do cadastro do responsável, em situação semelhante, tendo respondido que a prática de apologia ao estupro, dentre outros crimes, embora seja repreensível e deve ser investigada, não pode sê-lo através da quebra de sigilo cautelar (conforme parecer ministerial e decisão judicial anexa).

O caso específico do blog denunciado apresenta outro elemento que dificulta o prosseguimento das investigações. O sítio que hospeda este blog é um domínio (http://www.silviokoerich.com/) de propriedade da empresa abaixo, localizada nos EUA:

Registrant:
Inc., NameSecure
ATTN:
P.O. Box 430 c/o NameSecure
Herndon, VA. US 20171-430

Domain Name: SILVIOKOERICH.COM

Record expires on 21-Aug-2012.
Record created on 21-Aug-2011.
Database last updated on 28-Sep-2011 13:56:40 EDT.

Conforme pesquisa no http://domains.whois.com/

Consultado sobre o fornecimento de informações cadastrais em situação de crime de racismo, nazismo e revisionismo, bem como em outras situações de interesse do GECOP, o FBI, a ICE, bem como outros órgãos americanos com que mantemos contato para facilitar investigações, todos foram unânimes em explicar que situações como estas não são consideradas crimes nos EUA e , por isso, tais informações não podem ser requisitadas pelas autoridades daquele país.

A única situação viável poderia ser recorrer ao MLAT – o acordo bilateral para cooperação policial e judicial com os EUA – para obtenção dos dados cadastrais do responsável junto à empresa americana que hospeda o blog.
Ainda que recorrêssemos ao acordo de cooperação, o Governo Americano poderia recusar-se a fornecer os dados cadastrais se julgar que essa medida contraria a Constituição daquele país (sobretudo no que concerne aos limites da liberdade de expressão).

Ainda que a Polícia Federal conseguisse que o Ministério Público ou o Judiciário oficiassem, um dos dois (autoridades competentes para fazê-lo junto ao Departamento de Recuperação de Ativos/MJ), ao Governo americano pelo fornecimento das informações, esses dados teriam que ser objeto de uma decisão judicial brasileira – e, por isso, novamente inviável diante do status de dado sigiloso atribuído no Brasil a tais informações.

Por tudo quanto foi exposto, sugiro que :

a) Toda URL (página na internet) que seja localizada com conteúdo criminoso seja diretamente registrada por essa Associação no sítio de denúncias on line da Polícia Federal na página: http://www.pf.gov.br/

(denúncia de crime de contra os direitos humanos). Nesse caso , o senhor estará preservando automaticamente a materialidade do crime (para futura investigação) e o endereço passará imediatamente pelo filtro da polícia federal (e de seus órgãos parceiros) para averiguação de duplicidade ou de atipicidade – acelerando em muito o trabalho policial;
b) Sempre que o crime for situação de apologia, não configurando crime de racismo ou pedofilia na rede, por si só, procure oficiar também o provedor que hospeda o conteúdo, informando que o material é impróprio e pedindo que seja retirado do ar – por vezes o provedor, mesmo no exterior, responde positivamente – no Brasil, sempre;

Observo, por oportuno, que o registro do sítio (URL) na denúncia on line da PF já providencia também a notificação do provedor do conteúdo para que o tire do ar, uma vez identificado o material criminoso.

Coloco-me à disposição para qualquer esclarecimento que se fizer necessário.

Atenciosamente,

Juliana Cavaleiro
Delegada de Polícia Federal
GECOP/DDH/CGDI/DIREX
(55) (61) 2024-8068/8642"


PARTICIPE DA CAMPANHA NO FACEBOOK: 

Beagles de Laboratório ganham Liberdade

30/11/11
Emoção
G1/R7

Graças a falência de empresa, Beagles ganham a Vida


Usados para testes laboratoriais de cosméticos, 72 cães viveram toda a sua vida fechados numa jaula. Agora, com a falência da empresa, foram libertados e viram a luz do sol pela primeira vez.



A empresa espanhola, tal como muitas outras, usava os animais para se certificar que os seus produtos podiam ser comercializados. Tratados como meros objectos, os cães de raça beagle eram mantidos em jaulas individuais e identificados por números, tatuados na sua pele.

A falência súbita da empresa permitu a uma sociedade de protecção dos animais resgatar os animais.

“Eles viviam em jaulas individuais, em grupos de 10 por cada sala sem nunca interagirem uns com os outros”, revela Gary Smith, o porta-voz do grupo de resgate.

O seu primeiro momento de liberdade foi registado em vídeo. Os cães, visivelmente receosos, estranham até a própria relva. O emocionante momento serviu também para garantir um lar aos animais, que serão entregues para adopção.

“Os beagles são cães de companhia muito dóceis. Mas esse é também o motivo pelo qual são ideais para os testes de laboratório”, explica Smith.


Assista o pequeno e emocionante vídeo que prova como eram tratados os animais que nunca puderam pisar em solo firme nem mesmo receber contato externo como carinho e o Direto a Vida que empresas que testam em animais Negam! 
Perceberão logo de imediato o olhar de Novo Mundo que enfim encontraram estes cães.



É muito importante que a sociedade se Conscientize e negue adquirir Produtos Testados em Animais que nada mais garantem o Bem Estar durante o uso. Uma Tortura Animal com completamente desnecessário e ultrapassado!

O PETA identifica empresas que Testam e Não Testam em Animais, além de acusar as formas de Torturas que a população desinteressada desconhece e acaba por colaborar a continuidade desse crime contra a Vida Animal.

Grandes empresas como a Avon, que sempre foi exemplo para o PETA em anunciar que Não Testa em Animais foi recentemente anunciado na Lista Negra por financiar estudos em outro País. Tristeza enorme para os Defensores da Igualdade da Vida Animal como os Vegetarianos que compravam seus cosméticos!

Outras empresas como a P&G nunca esconderam esta vergonhosa atitude de Testarem seus Produtos em Animais e seu número de consumidores só é grande devido as Promoções e Prêmios anunciados na TV por famosos como o Faustão que nada garante ou liga um fato a outro, por exemplo, pois a garantia dos produtos não supera em nada os Não Testados em Animais!

Pesquisem e comprem Produtos Não Testados em Animais, a garantia é muito melhor podem ter certeza disso e a Tecnologia já substitui Animais e garante a vida de todos!

Seja Consciente:

TESTADOS X NÃO TESTADOS EM ANIMAIS - QUAL A DIFERENÇA?




URGENTE! Contra a Operação Cachão na Terra Quente


Cachão: Operação para capturar 200 cães selvagens



A CÂMARA MUNICIPAL DE MIRANDELA VAI CAPTURAR CERCA DE 200 CÃES A PARTIR, DE 2ª FEIRA, DIA 5 DE DEZEMBRO


PROTESTEM....NÃO PODEMOS PERMITIR ESTA MATANÇA!!! 


Depois de anos de negligência, sem nenhum esforço para controlar o numero de animais errantes, o município de Mirandela e a DGV (Direcção-Geral de Veterinária) decidem EXTERMINAR a tiro cerca de 200 cães, o que viola o estipulado na Convenção Europeia para a Protecção dos Animais de Companhia.

Diz o CAPÍTULO III, Artigo 12º da CONVENÇÃO:

"Sempre que uma Parte considere que o número de animais vadios constitui, para essa Parte, um problema, deve tomar as medidas legislativas e ou administrativas necessárias para reduzir o seu número através de métodos que não causem dor, sofrimento ou angústia evitáveis.(...)
i) Se esses animais forem capturados, isso seja feito com um mínimo de sofrimento físico e moral, tendo em conta a natureza do animal; 
ii) Quando animais capturados forem retidos ou mortos, isso seja feito em conformidade com os princípios constantes da presente Convenção. (...)"

Diz ainda, no Artigo 13º:

"As excepções aos princípios constantes da presente Convenção relativamente à captura, detenção e abate dos animais vadios não devem ser permitidas, excepto quando forem inevitáveis no âmbito de programas governamentais de controlo de doenças."

SERÁ COMETIDO UM CRIME. NÃO PERMITA ISSO!!!


..............................

ENVIE EMAIL DE PROTESTO E INDIGNAÇÃO PARA:

geral@cm-mirandela.pt
dirgeral@dgv.min-agricultura.pt
secretariado.direccao@dgv.min-agricultura.pt
gabministra@mamaot.gov.pt
gab.seaot@mamaot.gov.pt
belem@presidencia.pt
gp_ps@ps.parlamento.pt
gp_psd@psd.parlamento.pt
gp_pp@pp.parlamento.pt
bloco.esquerda@be.parlamento.pt
gp_pcp@pcp.parlamento.pt
PEV.correio@pev.parlamento.pt
..............................



Petição Em defesa dos cães de Cachão.Contra o extermínio como solução



Entre Aqui e Participem!

CONTRA O EXTERMÍNIO DOS CÃES DO CACHÃO


Matéria Abaixo:

Uma operação inédita no Nordeste Transmontano vai decorrer em Dezembro junto ao aterro sanitário da Terra Quente, na zona do Cachão, para capturar uma matilha de 200 cães selvagens que já atacaram agricultores e homens do lixo.

A operação foi determinada pela Direcção Geral de Veterinária (DGV) para  resolver um problema de saúde e segurança públicas que se arrasta há anos  nesta zona, segundo disse hoje à Lusa o vereador do ambiente da Câmara de  Mirandela, António Branco.

A solução surgiu agora com uma operação de captura que vai prolongar-se  no tempo e tem já duas datas marcadas, para dias 5 e 19 de Dezembro, estando  a ser divulgada na zona através de editais.  

António Branco explicou que, devido à dificuldade para capturar estes  animais, a operação contempla também o abate a tiro nas situações que exigirem  este recurso, pelo que estará também presente o veterinário municipal. Os cadáveres serão recolhidos e incinerados.  


Nota: Um cúmulo de irresponsabilidade vindo de "Racionais" em encontrar este tipo de "solução" agora com inúmeros cães reproduzidos e renegados pela própria sociedade, a mesma que virou as costas provando nenhum interesse desde o início. Querem combater um erro causado por eles mesmo com outro erro, pior, um Crime. Vão abater à tiros, entre outros meios de tortura e serão queimados muitos cães ainda vivos!

É lamentável a raça humana, há formas Legais e estas devem ser tomadas imediatamente mas para evitar gastos e compromissos adotaram esta vergonhosa atitude. Vamos fazer pressão contra estes bárbaros e defender o Direito dos Animais!

Aos que também são contra este Crime que se inicializará na próxima semana, assine Petição de Indignação e Participe do Protesto no Facebook  (ACIMA)!