...

B. O. ANIMAL

Página de Registros, o Blog B.O.Animal ajuda a denunciar e arquivar casos testemunhados por Protetores e Simpatizantes da Causa Animal para não se deixar esquecer dos agressores (nem sempre punidos) e cúmplices de maus tratos e ocultação da verdade. Além de oferecer matérias importantes e interessantes sobre a vida animal, saúde, idade, alimentação, receitas caseiras, tirando dúvidas entre leitores sobre tratamentos e socorros!

Demos o primeiro passo, buscamos apoio e lutamos por Justiça às Vítimas, fatos que foram testemunhados e registrados por Protetores e Simpatizantes da Causa Animal são divulgados e arquivados, não conheceríamos os três maiores criminosos de outra forma: CAMILA CORREIA, DALVA LIMA DA SILVA e CLÁUDIO CÉSAR MESSIAS.

CADEIRA DE RODAS - APRENDA A CONSTRUIR

Todas as pessoas podem aprender a construir e trazer a mobilidade e alegria do Animal de volta!




A cadeira de rodas feita no passo-a-passo tem custo quase zero. (FOTO: Cursos Zooterapia)

Infelizmente, muitos acabam por eutanasiar um cão paraplégico, já que a maioria não tem condições financeiras de comprar a cadeira de rodas para cães, por ter um preço bem elevado.

Scheyla Bittencourt, ambientalista e protetora de animais, desenvolveu uma cadeira de duas rodas para os animais com dificuldades de locomoção.

Hoje, a nossa coluna “Faça você mesmo” traz um link que ensina a montar passo-a-passo essa cadeira para cães, a um custo quase zero, caso você ou alguém precise.

A cadeira de rodas traz conforto e mobilidade aos animais que sofreram algum tipo de acidente, foram maltratados, ou até mesmo aos que nasceram com deficiência por algum problema genético e por isso perderam a capacidade de andar normalmente.
O custo de uma cadeira de rodas deste tipo é muito alto. Pensando em uma maneira de solucionar este problema, a ambientalista e protetora dos animais, Scheyla Bittencourt, desenvolveu uma cadeira de duas rodas para os animais com dificuldade.
“As cadeirinhas possibilitam que o tutor devolva ao animal a oportunidade de se movimentar, auxiliando na reabilitação”, esclarece Bittencourt. Ela completa dizendo que “o equipamento serve para valorizar o animal deficiente e provocar a reflexão sobre temas como abandono, guarda responsável, lealdade e respeito aos animais em quaisquer circunstâncias”.
Materiais Necessários:
- Tubo de PVC ¾” 2 m;
- Cotovelo PVC ¾” 90º 8 un;
- Te PVC ¾” 4 un;
- Cap PVC ¾” 2 un;
- Luva PVC 3/4″ 2 un;
- Rodinha de carrinho de feira 2 un;
- Prego ou parafuso grande para eixo da rodinha 2 un;
- Pano para o assento;
- Fita para prender no peito;
- Cola para tubo de PVC peq.

Montagem:
É necessário lembrar que devem ser tiradas as medidas exatas do cachorro que usará a cadeira e ir fazendo os ajustes necessários para que ela fique adequada ao seu tamanho. Se o animal for muito grande, devem ser usadas conexões maiores. As emendas são feitas com pequenos pedaços de tubo com 1,5cm. As patas do cachorro devem ficar com livre movimentação e encostadas no chão na posição natural. O eixo da roda deve ser adaptado na ponta do Cap, sendo furado e colado.
Embora o PVC tenha longa vida útil e uma durabilidade de mais de 50 anos ele é 100% reciclável, sendo assim, existem milhares de maneiras para transformar este material em algo novo e diferente. Por que não reaproveitá-lo de maneira a beneficiar um animal necessitado?
Fonte: 




Veja vídeos abaixo: Várias instruções






A matéria divulgou o PVC como o mais econômico, fácil e prático, acessível à todos os donos de cães e gatos deficientes. Se tratando de beleza está longe de concorrer com Cadeiras de Mercado, mas se tratando de conforto para o animal é 100% recomendado! E mais, há várias formas de Personalizar a cadeirinha de acordo com o que o dono do animal pode oferecer no momento da montagem.


Cadeiras à venda no Mercado estão custando até R$400,00 cada, pois cada fabricação é padronizada por porte do animal e isso pode gerar desconforto quando não se trata de uma cadeira regulável para se adaptar ao real tamanho do seu cão ou gato, então, para fabricar um sobre medida para seu cão ou gato o preço é mesmo salgado!


Esta de PVC surgiu para trazer imediato conforto aos cães e até gatos deficientes para tirá-los da depressão e leito constante da mobilidade perdida, além é claro de reduzir significativamente os gatos que o dono do animal poderia ter, pois, a Lista dos Materiais utilizados para a construção da Cadeirinha pode ser sobras de Materiais de Construção que são descartados após uma Obra na casa do vizinho ou até mesmo uma Reforma em sua residência (Tubo PVC, Joelho, Te e Cola). É certo que para cada animal deve-se usar materiais diferentes, Porte Médio e Grande X Porte Pequeno, o que significa que Tubos e Joelhos poderão ser mais grossos ou mais finos, o que não é um problema se tratando da compra de todos os materiais, uma vez que os gatos serão mínimos (quase de graça) com relação ao valor de uma Cadeira de mercado.


Vá até uma Loja de Materiais de Construção ou ligue e informe-se sobre o preço em sua região!

6 comentários:

  1. E quando trata-se de um problema nas patas dianteiras? Tem algum outro modelo !? Obrigado !

    ResponderExcluir
  2. Há sim, vários modelos:

    https://www.google.com.br/search?hl=pt-BR&q=cadeiras+de+rodas+para+caes+de+pvc&bav=on.2,or.r_gc.r_pw.r_cp.r_qf.,cf.osb&biw=1366&bih=643&um=1&ie=UTF-8&tbm=isch&source=og&sa=N&tab=wi&ei=L9wSUOLwGa-60AGg4oHoDA#um=1&hl=pt-BR&biw=1366&bih=643&tbm=isch&sa=X&ei=_twSUIrPGMjh0QHdn4G4CQ&ved=0CEEQBSgA&q=cadeiras+de+rodas+para+caes+patas+dianteiras&spell=1&bav=on.2,or.r_gc.r_pw.r_cp.r_qf.,cf.osb&fp=85dff68e7cef9d4

    ResponderExcluir
  3. eu preciso de uma cadeirinha pro meu gatinho ele nao meche as patas ele foi mordido por um cachorro ai ele nao meche mais as patas mais nao vou desistir dele .

    ResponderExcluir
  4. Vc faria uma pra mim..se eu te der o dinheiro do material? Rosana. Meu email é rosana_gosse@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Se eu te der o dinheiro do material, vc faz uma pra mim..é pra um pastor alemao , com a coluna e as patas traseiras deficientes..deu doença nela e ela perdeu os movimentos

    ResponderExcluir