...

B. O. ANIMAL

Página de Registros de Denúncias, Notícias e Informações da Causa Animal.

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Como anunciar a doação de um animal de estimação

As orientações à seguir evitam que animais sejam descartados, tanto pelo Tutor (que deseja doar seus animais de estimação) quanto pelo Adotante (que deseja devolver). As orientações envolvem o comprometimento, a responsabilidade e a Conscientização da Adoção Responsável.

Antes de mais nada, devemos deixar claro que é nossa responsabilidade, do nascimento ao destino dos filhotes de nossos animais de estimação. Sabemos que animais cruzam e se reproduzem, sabemos também que eles necessitam de cuidados médicos como a esterilização (castração) e a vacinação (imunização contra doenças) e isso é direito do animal e dever do tutor providenciar e garantir. E sabemos ainda que as Ong's de Proteção de Animais e serviços públicos da Causa estão aí para orientar e indicar caminhos para solucionar tais "incidentes", que não significa transferência de responsabilidades, apenas referências de apoio na melhor destinação dos animais.

ATENÇÃO: Antes de colocar um cão ou gato para adoção, providencie avaliação de veterinário, para garantir que o bichinho esteja saudável (LAUDO),  vacine (V2 em caso de filhotes e à partir de V8 para adultos), vermifugue e no caso de cães ou gatos acima de 6 meses, castre antes de doar ou doe com o compromisso de castrar, ou mesmo providencie através de uma Ong ou Serviço Público. Filhotes devem ser doados à partir dos 45 dias de vida, quando começam a comer alimentos moles! 




Como anunciar um animal para adoção responsável?
  • Tire fotos de forma bem visível ou faça vídeos de um momento divertido;
  • Informe a idade aproximada, cor e tipo de pelagem, o sexo, o porte, o temperamento, os vícios ou costumes;
  • Tenha a posse do cartão de vacinas e laudo do médico veterinário atestando boa saúde;
  • Esclareça o motivo da adoção, a importância do Termo de Adoção e que os interessados ainda estão sujeitos à um Questionário de Adoção;
  • Poste tudo na internet/rede social de forma pública, com contato e marque as ongs, protetores da região e compartilhe em grupos específicos ou com grande número de membros ou volume de informações em geral;
  • Solicite se necessário, orientações diretas com as Ong's, bem como da oportunidade de encaminhar o animal à uma de suas Feiras de Adoção;

Nenhum comentário:

Postar um comentário