...

B. O. ANIMAL

Página de Registros, o Blog B.O.Animal ajuda a denunciar e arquivar casos testemunhados por Protetores e Simpatizantes da Causa Animal para não se deixar esquecer dos agressores (nem sempre punidos) e cúmplices de maus tratos e ocultação da verdade. Além de oferecer matérias importantes e interessantes sobre a vida animal, saúde, idade, alimentação, receitas caseiras, tirando dúvidas entre leitores sobre tratamentos e socorros!

Demos o primeiro passo, buscamos apoio e lutamos por Justiça às Vítimas, fatos que foram testemunhados e registrados por Protetores e Simpatizantes da Causa Animal são divulgados e arquivados, não conheceríamos os três maiores criminosos de outra forma: CAMILA CORREIA, DALVA LIMA DA SILVA e CLÁUDIO CÉSAR MESSIAS.

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Cão teve focinho devorado - tutor é denunciado por maus tratos - SC

Mestiço de Pit Bull foi resgatado após denúncia de maus tratos

O cão foi eutanasiado!

O caso aconteceu em Florianópolis/SC e o "responsável" pelo animal foi denunciado. Além do Pit Bull foram recolhidos mais dois cães no local. Viviam acorrentados e sofriam maus tratos constantes dentro da oficina do acusado identificado como Silvio Soccol.

Abaixo as imagens da denúncia (algumas fortes):


Denúncia na Internet - Protetores/Facebook

"Pessoal,

Peço desculpas pela crueza das fotos. Sempre evito divulga-las mas as vezes a revolta é tão grande que temos que ser fortes e encará-las para que a revolta possa ser maior que a impunidade do culpado. 

Como sempre digo, o ser humano é sempre capaz de se superar a cada dia em matéria de crueldade e Fpolis tem um monstro talvez pior que a enfermeira que matou a yorkshire. Lana sofreu por alguns minutos e este pitbull? Quanto tempo foi necessário para que seu rosto fosse comido por completo??? Acorrentado e Invisível para o responsável.

Ontem pela tarde (04/04/2012) chegaram até a Dibea um BO, uma denuncia telefônica e fotos de um pitbull acorrentado no depósito da Auto Peças SOCCOL, na SC 401 em Canasvieiras, Florianopolis. Comparecemos imediatamente ao local dos fatos com a equipe de resgate e a polícia Militar e o que encontramos superou nossas expectativas. Encontramos 3 cães acorrentados sem água ou comida e um pitbull acorrentado e sem o rostro, já devorado por uma bicheira de no mínimo 2 semanas! No local foi encontrado um zelador, estrangeiro, que afirmou serem os animais do dono do local, um tal de sobrenome SOCCOL que dá nome ao estabelecimento. Foi feito um telefonema para o responsável que porém não compareceu ao local dos fatos (seria preso por flagrante delito). 

Ontem mesmo tentei contatar com toda a mídia mas pelo adiantado da hora e ser véspera de feriado não consegui muito.

Peço a ajuda de vocês para denunciar este caso que revoltou a todos. Só indignação não basta. É preciso divulgação.

E o pior, o responsável pelo animal costuma ADOTAR animais das protetoras, tendo comparecido a algumas feiras de adoção. Foram retirados do local mais 2 animais que teriam a mesma sorte: 1 vira-lata e 1 chow-chow.
O pitbull teve que ser eutanasiado e o corpo está na Dibea como prova.

Esta noite para dormir tive que tomar i comprimido pois a imagem do pitbull não me saia da mente.
Conto com vocês.
Obrigada,



Um dos cães do resgate


9 comentários:

  1. Que vontade de chorar...
    Ele teve que morrer?

    ResponderExcluir
  2. Eu vi isso em outras págs e ñ tava entendendo nada, agora tô chocado. Embora ñ deva acontecer nada eu espero q este homem pague nem q seja com justiça divina pq ele ñ tem nem como se justificar, deixou o cão chegar nesta situação dramática e quem se comoveu com isso foi quem tava passando por lá, q absurdo, cadê a humanidade desse cara e de quem está perto dele?

    ResponderExcluir
  3. -Chegamos de viagem hj e nos contaram o q havia ocorrido....moramos ao lado do ferro velho....vimos o dia em que o pitt bul foi atacado pelo mestiço de chow chow, ligamos p o sr silvio soccol...ele apareceu e disse que levaria o animal p o veterinário...ligamos p orgão de proteção por várias vezes...nunca fomos atendidos...agradecemos a DEUS por alguem ter dado ouvidos e tomado uma providencia...todas as vezes que buscamos essa ajuda nos foi negada e o máximo que conseguiamos fazer era dar comida qdo os animais estavam soltos e perto de nossa casa, pois presos ficavam agressivos por tantos maus tratos...esse não é o primeiro animal que ele mantem como "vigia" nesse local...já cosumiu com tantos que nem temos conta, cadelas prenhes, filhotes, animais grandes ,pequenos, td que se possa imaginar, ele mantinha até pessoas, sempre estrangeiros morando dentro de carcaças de carros, pessoas velhas e famintas ,ue eram usadas como vigias denunciamos mts vezes mas ninguem nos deu ouvidos, estamos dando esse depoimentos e pedindo que fiquem atentos, pois passado algum tempo esse silvio trará cães de novo p "vigiar" esse monte de ferro velho que ele mantém e mais uma vez dizemos MTO OBRIGADA por terem tomado uma atitude e dado o nome que esse traste merece...

    ResponderExcluir
  4. O Site BO Animal publicou uma matéria escrita por Maria da Graça Dutra que choca qualquer pessoa. Uma foto mostra um pit bull com o focinho desfigurado e a notícia de que teve que ser sacrificado diante do adiantado estado da bicheira, que devia ter umas duas semanas, segundo Graça Dutra. Ele teria sido atacado por outro cachorro que também vivia no depósito do ferro velho de Sílvio Soccol.
    Graça não poupa palavras fortes para descrever o senhor Sílvio Soccol, chamando-o de cruel para baixo. As imagens realmente chocam, mas nem tudo é o que parece ser. Uma sucessão de fatalidades levou ao trágico fim do pit bull.
    Sílvio Soccol abriga vários cachorros que foram abandonados. Este pit bull, por exemplo, pertencia a um seu vizinho, que com medo de que o cão atacasse seus filhos pequenos pediu que Sílvio cuidasse dele. Em 19 de março de 2012, Sílvio viajou com sua esposa que foi fazer uma cirurgia de vesícula e precisou ficar internada três semanas. O casal voltou de viagem no dia 03 de abril à noite. Na quarta-feira (04.04.2012) pela manhã, tomando conhecimento do estado do cachorro chamou o veterinário que veio sem trazer os medicamentos necessários para fazer o curativo. Sílvio precisou ir até os Ingleses. Enquanto ele estava fora, o veterinário retornou, mas o empregado de Sílvio não quis segurar o cão para os curativos. Quando Sílvio retornou, ele ligou novamente para o veterinário, que se negou a voltar. À tarde deste mesmo dia, Maria das Graças Dutra e a Coordenadoria do Bem Estar Animal chegaram ao local e o que aconteceu Graça já relatou. Sílvio chegou tarde para salvar o animal não por culpa sua. Ele estava três semanas fora do país e foi neste período que o sinistro aconteceu. A própria Graça Dutra afirma que Sílvio já adotou outros animais. Sílvio adotou há 10 anos um poodle grande, que já era cego nesta ocasião, e que está lá com ele cercado de carinho. Infelizmente o pit bull está morto. Mas desde então, Sílvio tem vivido um inferno. Seus filhos de 15, 13 a 12 anos estão se negando a ir à escola porque são chamados de filhos do assassino. Sua esposa ainda está de cama porque tudo isso a abalou e está atrasando sua recuperação cirúrgica. Mensagens no facebook e outras páginas da internet estão tirando o sono da família Soccol. Mensagens por celular chegam com ameaças. Amor aos animais é algo importante mas não se precisa tratar os seres humanos de forma tão violenta.
    Sérgio Ferreira

    ResponderExcluir
  5. Achei interessante o relato da sra Terezinha, dizendo que eles ligaram para o Órgão de proteção animal e eles nada fizeram. Então, agora que alguém socorreu o animal é fácil querer aparecer nas manchetes como salvadores da Pátria.

    ResponderExcluir
  6. Hoje é muito fácil. Se faz algumas fotos, conta-se uma história assustadora, coloca-
    se fotos, nomes e adjetivos pesados e pronto. Se conquistou 5 minutos de fama na
    roupagem de super herói! A sra. Terezinha escreve acusando e chama o senhor em
    questão de "traste", a sra. Maria das Graças Dutra o expõe na internet chamando-
    o de "assassino". Belos exemplos de como buscar respeito! Nenhuma fala sobre o
    empenho dele em tratar ha 10 anos um cão cego, só apedrejam pelo acidente. Ninguém
    foi ver se ele tentou resolver o problema depois de voltar de viajem, preferiram chamá-
    lo de "assassino"! Isso é bem mais fácil, não é Maria Dutra? Devemos proteger os
    animais e escancarar no sensacionalismo, certo? Defender A e detonar com B, C, D...
    Dona Maria pedir respeito é algo sério e possui limites morais para que não se perca
    a razão. Tirar conclusões e sair atacando pessoas é muito feio e tão errado quanto o
    suposto erro do sr. Sílvio. Para ter seus minutinhos de glória não continue defendendo
    os animais e expondo desrespeitosamente os seres humanos!!!

    G. L. C.

    ResponderExcluir
  7. Vc G.I.C sabe exatamente o que aconteceu para criticar Maria Dutra e defender um sujeito que, queira ou não, MATOU um cão que foi comido por bicheira? Um caso simples de ser resolvido se o proprietário do cão tivesse o mínimo de cuidado??? Não posso acusar o tal Silvio, vc esta certo, mas tudo indica que ele cometeu crimes contra os animais. Não posso julgá-lo, e não posso condenar Maria Dutra nem a sra. Teresinha. O que espero é que as autoridades desse país passem a investigar e punir pessoas que maltratam animais

    ResponderExcluir
  8. É NESSAS HORAS QUE DEVERIAM APOIAR A PENA DE MORTE PRA PESSOAS CRUÉIS, PERVERSAS E NOJENTAS COMO SILVIO SOCOOL. CÂMARA DE GÁS PRA ESSE VERME NOJENTO. OU ENTÃO PODERIAM DAR Á ELE O MESMO TRATAMENTO QUE ELE DEU AO POBRE CACHORRO: DEIXÁ-LO SEM ÁGUA OU COMIDA, COM UMA BICHEIRA O DEVORANDO VIDO DURANTE DUAS SEMANAS, PRA ELE VER O QUE É BOM.

    ResponderExcluir
  9. sem comentario... tanta crueldade, esse infeliz tem que perder o P... pra ver se da valor a vida dos outros, vida que não foi ele quem deu, foi o criador...
    Deus que me perdoe por sentir odio de uma pessoas dessas, onde consegue superar todos os graus de Desumanidade.
    um horror...

    ResponderExcluir