...

B. O. ANIMAL

Página de Registros de Denúncias, Notícias e Informações da Causa Animal.

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Após Denúncia e fotos na internet Animais são resgatados

Sujos e debilitados


Resgate de doze horas no Pq São Lucas (SP) liberta 20 cães, gatos e galinhas


Por: Fátima Chuecco (da Redação)
Foto: Divulgação
Em meio a tantas histórias escabrosas de maus-tratos que temos visto no Brasil, algumas merecem destaque por terem um desfecho positivo com o salvamento de vários animais submetidos a sofrimento contínuo ou que estavam prestes a serem mortos. A proteção animal tem evoluído bastante no país. As pessoas estão se organizando e criando estratégias para resgates que, alguns anos atrás, pareciam impossíveis.
Uma dessas histórias aconteceu no último domingo, dia 19, em pleno feriado de Carnaval, com o saldo de 20 animais libertados. A operação, que começou às 14h de domingo e só terminou às 4h da manhã de segunda-feira (incluindo o tempo gasto com negociações e abertura de BO), contou com um grupo de oito pessoas formado por protetores e veterinários, acompanhado por uma viatura da Polícia Militar.
Foto: Divulgação
O alvo foi uma casa na Rua Rosabela da Silva, 29 B, no Pq São Lucas, na zona leste de São Paulo – um local que há meses vinha sendo denunciado anonimamente por manter cães engaiolados e submetidos a péssimas condições de vida. Algumas pessoas desconfiavam de abatedouro de cães e gatos para consumo, outras falavam em venda dos animais para rituais. Na investida foram resgatados seis cães, dois gatos, 11 galinhas e um galo de rinha. Todos sujos e bem debilitados.
Na casa estavam três homens de uma mesma família: avô, pai e neto, além de um casal de crianças. Apesar da presença da polícia, os moradores se recusaram a mostrar o interior da casa que funciona também como uma serralheria, mas permitiram uma vistoria no quintal, onde foram encontrados dois pinschers em gaiolas de passarinhos e duas pastoras alemãs brancas jovens.
“Creio que um dos pinschers cresceu dentro da gaiola, pois, ele não passava na portinha. Foi preciso arrebentar as grades para tirá-lo de dentro. O morador mais velho alegou que mantinha os animais presos para não fugirem ou serem atropelados. As pastoras vieram da Espanha e ele disse que foi presente de um amigo”, relata José Carlos Orlandim, que participou do resgate e ficou como depositário fiel (espécie de tutor temporário) dos animais libertados.
“Tivemos que insistir bastante para subir na laje onde encontramos mais animais. Havia muita sujeira e mau-cheiro. O chiuaua idoso e cego estava acorrentado ao relento sem água ou comida. O galo certamente era de rinha porque estava muito machucado na cabeça. Quando já achávamos que o trabalho tinha terminado, ouvimos um chorinho e então descobrimos uma cachorrinha SRD também acorrentada e muito apavorada”, explica o protetor.
Os gatos estavam soltos ao redor da casa, mas com a presença dos estranhos se esconderam e também foram sendo levados para dentro do imóvel, onde os donos não permitiram o acesso. O grupo conseguiu pegar apenas dois felinos. Orlandim abriu um B.O. de maus-tratos na Delegacia do Meio Ambiente da Av. São João, 1247 – lugar que recebe denúncias desse gênero.
Ajuda aos Resgatados: Os bichos devem ficar num abrigo durante bastante tempo enquanto o processo corre e serão necessários alguns procedimentos veterinários, especialmente no cãozinho idoso. Quem quiser ajudar com ração, dinheiro ou medicamentos deve entrar em contato com olhardeanjo_2011@hotmail.com
Foto: Divulgação
Fonte: ANDA

Este caso estava sendo denunciado também pela internet, através das redes sociais Facebook e Orkut:

"Estão desconfiados que ele maltrata animais, faz rituais etc...
A foto mostra o pinscher dentro de uma gaiola de passarinho. Segundo informações vários gatos e cachorros já passaram por lá. O anterior ao pinscher era um cachorro porte médio que ficava dentro da gaiola e chorava o dia todo.
O morador do local tem gatos bem cuidados, mas informações dizem que os cachorros não estão.
Também informam que os cães e gatos que são mantidos na gaiola desaparecem.
Nâo podemos afirmar, mas falam em ritual, candomblé com galinhas pretas. Nada confirmado pelas fotos.
A protetora Adriana está pedindo que alguém possa ir até o local conversar e se possível entrar no imóvel para saber sobre a real situação dos animais. Ela é conhecida no pedaço então todo o cuidado é pouco.
Contato Adriana 11 2867-6828
Rua Rosabela da Silva 29 B, final da av. Prof Luis Ignácio de Anhaia Mello, zona leste de SP, altura 10.200 aproximadamente da av. Sapopemba."

Nenhum comentário:

Postar um comentário