...

B. O. ANIMAL

Página de Registros de Denúncias, Notícias e Informações da Causa Animal.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Deputado pede exclusão de site - Silvio Koerich


FRANCISCHINI ENTRA COM REQUERIMENTO PARA EXCLUSÃO DE SITE COM CONTEÚDO QUE INCITA A VIOLÊNCIA


Deputado Fernando Francischini entrou com requerimento para que o Ministro de Estado da  Justiça, José Eduardo Cardozo, adote as medidas necessárias para que a Polícia Federal instaure um inquérito policial contra a pessoa que se identifica como Silvio Koerich, responsável pelo sítio http://www.silviokoerich.org/2011/11/21/faca-voce-mesmo-estupre-e-mate-uma-mulher/
“Pedofilia, Violencia Sexual e Preconceito nojento contra mulheres! Este que se identifica na internet como Silvio Koerich merece cadeia! Requisitei abertura de Inquérito na Polícia Federal, via Ministro da Justiça”, diz Francischini
Fonte: Emanuélli Gabardo/ Kharime Saborido



Secretaria de Políticas para as Mulheres


SPM pede punição para página da internet com conteúdo
discriminatório
Data:  05/12/2011 http://www.agenciapatriciagalvao.org.br/images/stories/PDF/noticias2011/not_viol/spm05122011_spmpedepunicaoparapaginadainternet.pdf


A ministra Iriny Lopes, da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), enviou nesta segunda-feira, 5, ofícios
para os ministros da Justiça, José Eduardo Martins Cardozo, e das Relações Exteriores, Antonio de Aguiar
Patriota, pedindo providências para localizar, retirar do ar e punir com base na legislação internacional os autores
de uma página na internet com forte conteúdo discriminatório, apologia ao crime e incitação à violência contra
mulheres, negros e homossexuais.
O site, escrito em português, é voltado ao público brasileiro e incita homens a estuprarem e matarem mulheres. A
página também tem forte conteúdo racista e homofóbico.
A Ouvidoria da SPM recebeu, nos últimos meses, diversas denúncias contra o site e acionou a Polícia Federal
que, no mês passado, depois de localizar o provedor responsável pela hospedagem do site, nos Estados Unidos,
informou que as gestões teriam que ser tomadas pelos dois ministérios.
Segundo a Polícia Federal, Brasil e Estados Unidos mantêm acordo bilateral que permite a obtenção de dados
cadastrais dos responsáveis, junto à empresa americana que hospeda o site. “Mas o acordo deve ser acionado
pelos ministérios da Justiça e das Relações Exteriores”, informou a PF
“Daí a decisão de enviarmos imediatamente os ofícios”, informou a ministra. 
Comunicação Social.


Nenhum comentário:

Postar um comentário