...

B. O. ANIMAL

Página de Registros de Denúncias, Notícias e Informações da Causa Animal.

domingo, 22 de maio de 2011

Cadela Pretinha, de Sorocaba: Injustiçada!

José Maria Tomazela - O Estado de S.Paulo

SOROCABA

Epitacio Pessoa/AE
Epitacio Pessoa/AE
Abrigo. Pretinha foi 'adotada' por taxistas do cemitério
Mais de 400 pessoas assinaram um documento enviado à Câmara pedindo à prefeitura que autorize a recolocação da casinha.

O taxista Claudemir Antonio Pastri, de 53 anos, conta que ele e os colegas se cotizam para dar ração e tratamento veterinário à cadela. "Levamos à clínica uma vez por mês." Segundo ele, Pretinha já teve uma casinha de madeira, mas um carro descontrolado subiu na calçada e a destruiu. "O motorista nos ajudou e compramos outra, mas os fiscais da Urbes (empresa municipal de trânsito) não deixam instalar."

Ele diz que a cachorra era pequena quando foi "adotada" pelos taxistas que têm ponto na entrada do cemitério. "Dizem que o dono está enterrado aí, mas acho que é lenda."

O motorista de caminhão de aluguel Geraldo Almeida, de 57 anos, afirma que a cachorra costumava seguir enterros, mas foi proibida de entrar no cemitério. "Falam que ela seguiu o enterro do dono e ficou por aqui." Almeida ajuda a bancar os custos de ração e veterinário do animal.

A cadela Pretinha, que há oito anos vive no portão do Cemitério da Saudade, onde possivelmente seu antigo dono está enterrado, mobiliza moradores de Sorocaba. A cachorra, sem raça definida, dorme em uma caixa de papelão desde que a fiscalização de trânsito mandou retirar a casinha de madeira instalada pelos motoristas de um ponto de táxi para abrigar o animal.


Nenhum comentário:

Postar um comentário